Nossa economia

Um dos principais gargalos do Projeto Nova Oikos é a formação de um capital de giro e de capital para investimentos. Até o momento, mantemos principalmente uma economia de escambo, ou simplesmente na base da troca não monetária e uma economia do dom, ou da dádiva.

A primeira forma é muito natural e funciona muito facilmente através de negociações simples e francas: trabalho por trabalho, trabalho por alimentos, alimentos por serviço, serviços por bens, serviços por benefícios e por ai vai. Um exemplo rápido são os voluntários que por aqui passam e que nos ajudam a criar e erguer este espaço. Oferecemos a moradia, alimentação e a vivência na terra, em troca de horas de trabalho. Negociamos também a participação nos cursos, tanto com os voluntários quanto com os participantes, que por vezes podem oferecer serviços, conhecimentos ou materiais.

A economia da dádiva é aqui representada principalmente pelas doações familiares. Algumas ferramentas, a possibilidade de uso de algumas instalações, alimentos, etc.

Amigos e parceiros também contribuem, e muito! Um traz adubo, outro traz sementes, mudas, outros nos presenteiam com utensílios, caronas, livros e suas próprias produções…!!

Consideramos muito mais rica e feliz a nossa experiência dessa forma.

Entretanto, ao sair do contexto do projeto, tudo não pode ser negociado e enfrentamos dificuldades quando o assunto envolve dinheiro. A única entrada se dá através dos cursos e serviços prestados em parcerias. Aí, outro entrave: como promover nossos ideais aplicando preços “de mercado” para as nossas atividades? Nos custa muito essa tarefa… custa muito ver pessoas interessadas em aprender, praticar e desenvolver suas capacidades mas sem possibilidade real de investir “o preço justo”.

Acreditamos que as pessoas interessadas em mudar a realidade obtusa da nossa economia quando assumem não poderem financiar seus custos nas atividades aqui desenvolvidas (cursos, eventos, serviços), não o assumem por estarem dando prioridade a certos bens de consumo, os quais delicadamente chamamos de supérfluos, mas sim por terem outras prioridades. Nao cabe à nós investigar ou questionar a situação e a consciência de cada proposta que recebemos. Mas também não poderemos inviabilizar economicamente nosso projeto.

Esta postagem é para esclarecer nossos critérios de escambo e anunciar nossas necessidades àqueles que tiveram a oportunidade de gerar excedentes dentro das suas atividades, assim possibilitando partilhar com nosso projeto. Nossa caixinha de contribuições monetárias espontâneas estará sempre aberta e à disposição. 😉

1. Alimentos ORGÂNICOS são sempre bem-vindos. Exceto alimentos industrializados, processados, embalados excessivamente em plásticos, alumínio, etc. ou que contenham aroma ou cor artificiais… Carnes somente direto do produtor (ex: pescador)

2. Utensílios domésticos facas de corte, talhes de servir (conchas, colheres grandes), escoradores de madeira, panelas de barro, xícaras, pratos, toalhas de rosto, de chão, de banho, lençóis, fronhas, cobertas, mantas, tapetes, almofadas, redes,…

3. Utensílios e ferramentas de trabalho como pás, enxadas, ferramentas de jardinagem, pneus e carrinho de mão, baldes, vassouras de palha, rodo, giz de quadro negro, giz de cera, lápis de cor, canetas, lápis, borracha, papel reciclado, de rascunho, tintas, pincéis, rolinhos, pregos, parafusos, martelos, chaves de fenda, abraçadeiras, ganchos de rede, extensões, holofotes, lonas, tonéis, juta, cimento, rejunte, cal, areia, pó de brita…

4. Outros itens de uso contínuo: lâmpadas LED, papel higiênico, álcool, lanternas recarregáveis, meias, instrumentos musicais, livros…

5. Serviços: roça, corte de madeira, identificação de espécies da flora…

Se nós também pudermos contribuir para o seu projeto, que está engajado em trocar as bases da economia – do mercado para o homem, nos escreva contando como! Estamos ai, fazendo a mudança que queremos ver no mundo!

Forte abraço!

7 comentários sobre “Nossa economia

O que você acha disso? Vamos conversar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s